Venda de Livros Jurídicos

Convênios e Consórcios Administrativos:
Gestão, Teoria e Prática

Pedro Durão
2004 Ed. Juruá

ISBN 85-362-0680-2

 

R$49,40

INTRODUÇÃO

  • 1. Visão geral da cooperação administrativa
  • 2. As questões orientadoras e metodológicas do trabalho

Capítulo 1 – CONSIDERAÇÕES PROPEDÊUTICAS ACERCA DA COOPERAÇÃO

  • 1.1. A origem do conflito e da desigualdade na sociedade carente
  • 1.2. O surgimento da cooperação no conflito
  • 1.3. Peculiaridades da cooperação geral
  • 1.4. Os princípios específicos da cooperação administrativa

Capítulo 2 – TAMANHO DO ESTADO E ALGUNS INSTITUTOS CORRELATOS À COOPERAÇÃO ADMINISTRATIVA

  • 2.1. Influência histórica
  • 2.2. Atual perfil do Estado – Estado Mínimo
  • 2.3. Transformações constitucionais após o pensamento liberal
  • 2.4. Rumos do Estado Mínimo
  • 2.5. Globalização: um novo conceito de cooperação
  • 2.6. Integração Regional

Capítulo 3 – CONFIGURAÇÃO DO ESTADO E A AUTONOMIA DOS SEUS ENTES COMPONENTES

  • 3.1. Identificação das formas estatais e autonomia
  • 3.2. Caminhos do federalismo brasileiro
  • 3.3. Configuração do Estado brasileiro e autonomia dos seus entes

Capítulo 4 – SISTEMA DE COOPERAÇÃO ADMINISTRATIVA E SEUS ATUAIS MODELOS

  • 4.1. Influências do direito constitucional comparado
  • 4.2. Evolução no direito constitucional pátrio
  • 4.3. Enfoque constitucional atual
  • 4.4. Regime legal da matéria

Capítulo 5 – CONTRATUALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA NA REFORMA ADMINISTRATIVA

  • 5.1. Breves reflexões sobre os contratos administrativos
  • 5.2. Critérios distintivos entre contrato administrativo, convênio e consórcio administrativos

Capítulo 6 – ESPÉCIES DE COOPERAÇÃO ADMINISTRATIVA

  • 6.1. Caráter peculiar de sua identificação
  • 6.2. Institutos de cooperação administrativa

Capítulo 7 – MODELAGEM FORMAL

  • 7.1. Papel das consultorias e procuradorias da pública administração
  • 7.2. Atos de constituição e representação dos partícipes
  • 7.3. Finalidade institucional pública e privada
  • 7.4. Objeto da cooperação administrativa
  • 7.5. Plano de trabalho
  • 7.6. Cláusulas indispensáveis

Capítulo 8 – CONTROLES DAS FORMAS DE COOPERAÇÃO ADMINISTRATIVA

  • 8.1. Controle interno
  • 8.2. Controle externo
  • 8.3. Alcance do diploma de responsabilidade fiscal

CONCLUSÕES

REFERÊNCIAS

ANEXOS

APÊNDICE

 

voltar

 
Viajurídica Editora
TV Câmara TV SenadoTV Justiça
 
     
Marta Biagi   Banese       Anuncie no Viajurídica
 
Google Webmail Gerenciamento Estatísticas de acesso